QUEM SÃO OS DRAGONS?

Dragons é uma comunidade de educadores inovadores que acredita firmemente no benefício de experiências culturais que promovam liderança e autoconfiança nos jovens, construindo desta forma um senso maior de cidadania global.

A partir da interação com culturas estrangeiras, o potencial desses jovens é desenvolvido através das relações pessoais, experiências de estudo do ambiente ao qual são expostos, reflexões e questionamentos de valores, bem como o autoconhecimento.

Fazer com que o mundo seja uma grande sala de aula é a missão maior dos Dragons. Os programas Dragons são experiências autênticas, profundas e com itinerários complexos, levando os alunos a uma imersão física e cultural, combinando os melhores ingredientes para uma experiência educacional fora do comum.

As relações pessoais construídas ao longo dos programas, os componentes de cada curso e os recursos construídos ao longo dos 24 anos de existência, garantem aos participantes uma experiência acadêmica que expandirá profundamente sua compreensão do mundo.

A Universidade de Princeton escolheu os programas Dragons "China Bridge Year", "India Bridge Year" e "Senegal Bridge Year" para enviar seus alunos anualmente com o objetivo de complementar a formação acadêmica dos mesmos.

Os pilares da filosofia Dragons podem ser divididos em: Cidadania Global - em que os participantes aprendem a se conectar com outras culturas para descobrir o mundo e seu lugar nele; Auto-exploração em que os participantes fazem perguntas.

QUEM SÃO OS ALUNOS DRAGONS E COMO SÃO OS PROGRAMAS?

São profissionais da área da educação ou que estejam interessados em aplicar a filosofia Dragons na sua profissão, que já tenham nível de inglês intermediário para avançado, com curiosidade de explorar um novo mundo e preocupados em fazer a diferença na sociedade em que vivem.

Os programas ocorrem em diversas datas do ano, têm duração de duas semanas e foram preparados para ensinar a filosofia da Dragons aos profissionais do setor educacional, de modo que ela seja transmitida nas salas de aula e enriqueça os componentes lecionados.

Os grupos são pequenos - de no máximo de 12 alunos, acompanhados por professores e mentores, grande parte com mestrado e doutorado em áreas de estudo como sociologia, antropologia, ciências políticas, religião, filosofia, economia e gestão ambiental. A cada quatro alunos os programas disponibilizam um mentor/professor.

Os programas são compostos por nove componentes principais, sendo que cada programa pode ter maior foco em componentes específicos.

São eles:

Rugged Travel É o "modo de viajar" como os locais: os alunos fazem os trajetos e se hospedam como as pessoas daquele destino. Viajam em transportes incomuns como trator, jangada, camelo, caminhão etc, e ficam hospedados em acomodações locais bem simples.
Homestay Os alunos ficam em casas de famílias locais durante uma parte do programa e realmente fazem uma imersão na vida local através das experiências com essas famílias.
Trekking & Wilderness Exploration Exploração de florestas, montanhas, regiões rurais, lagos e reservas pouco exploradas por turistas. Longas caminhadas e em alguns casos acampamento em tendas.
Service Learning Para os Dragons só existe trabalho voluntário verdadeiro se for em prol da comunidade local - só assim pode existir aprendizado real por parte dos alunos. Com essa missão, os alunos se envolvem de forma genuína nos projetos sociais das comunidades locais.
Survey of Development Issues Estudo das principais questões das comunidades, como saúde, recursos, conflitos, cuidado com as crianças, trabalho, dentre outras.
Independent Study Projects Oportunidade dos alunos desenvolverem um tópico de interesse específico ao longo da experiência. Os projetos são monitorados por monges, artistas, músicos e outros membros importantes das comunidades.
Language Study Aprendizado do idioma local. Alguns programas oferecem este componente de maneira bem intensiva, com situações de rotina de aulas diárias.
Introduction to Philosophy/Comparative Religion Os estudantes têm a oportunidade de conhecer novas religiões, estudá-las e compará-las durante os programas.
Focus on Inquiry Introdução a um foco acadêmico específico, como questões de minorias, planejamento de expedição, uso da terra, arte e música.

Assista aos vídeos de cada componente do Dragons:













Observando os nove componentes principais de cada programa, os alunos escolhem destinos como China, Tailândia, Burma, Camboja, Indonésia, Himalaia, Índia, Nepal, África, Jordânia, Guatemala, Bolívia ou Nicarágua.